Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Prefeitos se unem para conseguir recursos para recuperar cidades atingidas pelas chuvas

Tatuí encabeça frente de municípios – Manu propõe criação de linha de crédito emergencial 

Dez cidades da região, que sofreram graves problemas com as chuvas desta semana, iniciaram hoje uma luta conjunta para conseguir recursos para recuperar os estragos. Tatuí foi sede de uma reunião entre prefeitos para discutir saídas para sensibilizar as autoridades federais e estaduais. O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira, 14, na própria Prefeitura. 

Durante o encontro, cada prefeito pode relatar as dificuldades de cada cidade, para elaborar estratégias para reconstrução de ruas, pontes, escolas, casas e de auxílio emergencial às pessoas que foram obrigadas a sair de suas residências. 

A reunião, proposta pelo prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, teve a participação dos prefeitos de Guareí, João Momberg, de Cesário Lange, Ramiro de Campos, de Quadra, Carlos Andrade, de Pereiras, Flávio Paschoal, de Jumirim, Benedito Tadeu Fávero, de Alambari, Hudson José Gomes, de Cerquilho, Antônio Del Bem Junior, do vice-prefeito de Boituva, Juninho Barbosa, e do comandante da Guarda Civil Municipal de Capela do Alto, Francisco Carlos Severino, que representou o Executivo local. 

De acordo com o prefeito Manu, a união dos municípios neste momento de dificuldade é fundamental. “Estamos vivendo dias de chuvas nunca antes enfrentadas por nenhuma cidade e somente trabalhando junto, buscando soluções comuns e nos ajudando entre si é que poderemos vencer mais esse desafio. Certamente, trabalhando em conjunto, conseguiremos chamar a atenção das autoridades. Estamos falando de um universo de quase 300 mil pessoas”, destacou.

Os prefeitos relataram as dificuldades e a burocracia para se conseguir auxílio nesse momento de emergência e de crise, já que a falta de recursos e a queda de arrecadação estão afetando praticamente todos os municípios brasileiros. 

A situação das cidades realmente é grave. Cesário Lange e Guareí estão em estado de emergência, com estradas interditadas e pontes caídas. Em Quadra também três pontes caíram. Cerquilho contabiliza prejuízos da ordem de R$ 7 milhões e, diante do estrago, decidiu este ano por cancelar o tradicional Carnaval da cidade. Boituva também decretou estado de emergência. Todos foram unânimes em parabenizar a iniciativa do prefeito de Tatuí na integração e união dos municípios afetados pelas chuvas.

Uma das sugestões que devem ser levadas, em breve, aos Governos do Estado e Federal, seria a liberação em caráter emergencial de emendas já autorizadas que não foram ainda efetivas e liberadas. Como presidente da Fundação Agência de Bacias do Rio Sorocaba e Médio Tietê, Manu se comprometeu a trabalhar junto aos prefeitos para desburocratizar e facilitar a liberação de recursos originários do Fehidro, para obras preventivas e emergências. “Esperamos a participação de todos os municípios paulistas que estão sofrendo com as fortes chuvas dos últimos dias neste projeto, que visa sensibilizar os governos estadual e federal para a criação de linha de crédito específica para recupera as cidades, uma vez que a queda na arrecadação impede que as prefeituras promovam tais ações”, sugeriu Manu.

Ao término do encontro os prefeitos formalizaram a assinatura de uma lista de presença. Amanhã, todos receberão a transcrição da ata da reunião e a minuta do documento conjunto. Já na tarde de hoje, o prefeito Manu e sua assessoria farão contato com o Governo do Estado, Ministério das Cidades e Governo Federal para agendamento de audiências conjuntas, com a participação de todos os chefes do Executivo. Outras lideranças que não puderam participar do encontro, devido aos problemas em seus municípios, também devem integrar a frente de prefeitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário