Boletim de informações COVID-19 n° 159 Tatuí, 04 de julho de 2020 - 11h

494 CONFIRMADOS
414 RECUPERADOS
27 ÓBITOS
53 SUSPEITOS
16 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Sebrae alerta que chegou a hora de queimar o estoque de produtos da Copa

Pequenos negócios precisam correr para desovar a mercadoria e não acabar o mundial no prejuízo - Comerciantes precisam ficar atentos e devem começar as promoções para liquidarem os produtos temáticos. As peças inspiradas no mundial devem ser queimadas agora, já que estamos na reta final do evento e depois ficará difícil fazer a venda, o encalhe é certo.

José Carmo Vieira de Oliveira, consultor do Sebrae-SP, conta que a estratégia é simples e funciona. "Esse é momento de baixar os preços para ganhar na quantidade e não na especificidade. É preciso reduzir o valor da etiqueta para liquidar o estoque e colocar dinheiro em caixa", explica. "Analise quais produtos têm mais na loja e faça uma ação de guerra. Queime tudo! Mesmo que seja pelo preço de custo, caso contrário a Copa do Mundo acaba e os artigos ficarão lá. Guardar é igual a perder dinheiro", enfatiza Carmo.

Conforme o Brasil avança no campeonato, os torcedores se empolgam e investem em acessórios para torcer. "Faça combos de peças dos times que já foram para casa com as dos países que continuam no mundial. Caso a loja seja de vestuário brinque com as cores e "empurre" as do país do cliente torcedor com a de outro que pode ser coringa e usada fora da data. Invista na vitrine. Troque-a constantemente para atrair a atenção de quem passa", orienta o consultor.

O especialista também enfatiza que é preciso investir pesado na divulgação. As medidas são simples, baratas e dão resultado. "Feche parcerias com outros estabelecimentos para distribuir folders, coloque banners na frente da loja informando sobre a promoção, resgate o banco de dados para o envio de e-mail marketing e publicações nas redes sociais e ainda, caso a empresa tenha verba, faça anúncios em mídias", ensina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário