Boletim de informações COVID-19 n° 45 Tatuí, 06 de abril de 2020 - 16h

84
NOTIFICAÇÕES
52
SUSPEITOS
25
DESCARTADOS
7
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 17 de junho de 2014

Banco de Alimentos de Tatuí recebe revitalização e atinge novo recorde

Famílias atendidas passam a 320, com total de 59 toneladas alimentos todo mês

Tatuí tem o Banco de Alimentos com o prédio revitalizado, entregue oficialmente pelo prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, na última quarta-feira, 11, que pretende marcar uma fase de expansão, tanto na estrutura física quanto no volume de alimentos distribuídos gratuitamente à população.

A reformulação foi iniciada no ano passado, quando a instituição passou a ser administrada pelo Departamento de Bem Estar Social e Cidadania. Graças a diversas parcerias com produtores rurais de Tatuí e de outras cidades do estado, incluindo alguns assentamentos ligados ao Movimento dos Sem Terra, e a parceria também com supermercados, a distribuição de alimentos que era de 12 toneladas mensais passou para 59 toneladas todo mês. O número de famílias também cresceu de 170 para 320 assistidas. Hoje, 28 entidades assistenciais também recebem as frutas, verduras, legumes, doces em compotas e outros itens que garantem alimentação balanceada e nutritiva. “As frutas que estão muito maduras para serem consumidas são transformadas em doces, na própria cozinha industrial mantida no prédio do Banco de Alimentos. Banana, abóbora e cereja viram doces, enquanto tomates e pimentões transformam-se em molhos que são colocados em potes e vão para as cestas que são repassadas às famílias. O excedente vira adubo orgânico e segue para ser utilizado na horta”, explica o diretor do Bando de Alimentos, Dárcio Camargo Neto.

O Banco de Alimentos conta com uma assistente social, que faz visitas periódicas às famílias atendidas para coletar informações sobre as suas necessidades nutricionais. Os dados coletados pela assistente são encaminhados à nutricionista da Prefeitura que elabora a cesta de alimentos de acordo com a necessidade dos integrantes de cada família. Há ainda cestas emergenciais, para famílias que não estão cadastradas, mas que necessitam de auxílio comprovado pelo Departamento de Bem Estar Social e Cidadania.

Manu lembrou, durante o ato simbólico de apresentação das obras, que as melhorias foram além da parte estética e de higiene, contemplando também reparos na câmara fria. Ele destacou que a horta encontrada nos primeiros dias de seu mandato deu espaço a uma horta em plena produtividade com 16 tipos diferentes de verdura. Um terreno em frente ao prédio do Banco de Alimentos, pertencente à Prefeitura, será usado para ampliação e expansão do espaço para cultivo de hortaliças

Nenhum comentário:

Postar um comentário