Boletim de informações COVID-19 n° 126 Tatuí, 02 de junho de 2020 - 11h

173 CONFIRMADOS
124 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
22 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Projeto de Proteção Animal é iniciado em Tatuí com 250 castrações gratuitas

Próximo mutirão acontece na Vila Angélica nos dias 8 e 9 de março – Inscrições estão abertas. 
O maior programa de proteção de animais da história de Tatuí, previsto no plano de governo do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, foi iniciado esta semana. O primeiro passo foi justamente o programa de castrações gratuitas, que teve sua etapa inicial realizada esta semana. As 250 primeiras esterilizações foram realizadas nos dias 18 e 19 de fevereiro, no prédio que abrigava o PAT, na Rua 13 de Fevereiro. O mutirão teve a colaboração de aproximadamente 30 pessoas, entre voluntários e funcionários do Departamento de Zoonoses, da Secretaria Municipal da Saúde. O primeiro lote atendeu animais que residem no canil municipal, de protetores e acumuladores da cidade.

Em novembro, a Prefeitura de Tatuí realizou um pregão para a contratação de uma empresa especializada de prestação de serviços de castração, para o controle reprodutivo de cães e gatos, com prioridade para as fêmeas. A empresa vencedora do pregão foi o Centro Médico Veterinário Pet Health Ltda. Ao longo de 2014, 3.500 animais serão esterilizados, sempre de maneira gratuita.


De acordo com a veterinária Viviane Benvenga Gallo, foram castrados em média 25 cães ou 40 gatos por hora. Depois da cirurgia os animais ficaram em observação até se recuperarem da anestesia. “A castração traz inúmeros benefícios para os animais, elimina o risco de doenças como tumores e infecções uterinas no caso de fêmeas, além de diminuir as pulgas e a queda de pelos”, explica.

Segundo dados da Associação Humanitária de Proteção e Bem-Estar Animal - Arca Brasil, a estimativa é de que em seis anos, uma cadela e seus descendentes podem gerar 64 mil filhotes. No caso das gatas esse número é ainda maior. A única maneira de diminuir estes números é com a castração e a posse responsável.

Maria Aparecida de Camargo é cuidadora de animais e tem 12 gatos, que recolheu da rua. Ela destaca a economia e a qualidade dos serviços oferecidos. “Agradeço ao prefeito Manu que, além da castração, disponibilizou veículos para buscar os animais nas casas dos protetores. O atendimento foi excelente. Os animais foram tratados com amor e carinho. Se tivesse que pagar para castrar todos os animais, seria em torno de R$ 3 mil, um dinheiro que não tenho e que poderá agora ser usado, com vacinas, ração e outros cuidados para os bichinhos”, comenta.

A próxima edição do projeto será realizada nos dias 8 e 9 de março e vai atender os animais dos morados dos bairros Vila Angélica e Jardim Gonzaga e bairros adjacentes. Para participar do programa cães e gatos devem ter idade mínima de quatro meses, estar em perfeitas condições de saúde. Os proprietários devem obedecer critérios sociais para serem contemplados e apresentar comprovante de residência. O projeto também contemplará os animais de rua daquela região. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 24 e 28 de fevereiro, no posto de saúde da Vila Angélica que fica na Rua José Orsi, 365. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3305-8890.

Comunicação Tatuí

Nenhum comentário:

Postar um comentário