Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 31 de julho de 2013

Artesãos locais comemoram nova fase e aumento nas vendas

Superintendência do Trabalho Artesanal realiza palestra em Tatuí - A Prefeitura de Tatuí instituiu uma nova política de fomento ao setor. A feira mensal de artesanato foi remanejada em datas especiais e comemorativas para a Praça da Matriz, fato que impulsionou as vendas. Mas, essa não é a única novidade. O Departamento Municipal de Cultura e Desenvolvimento Turístico vem mirando a consolidação do setor, através da informação. Nesta quinta-feira, 1º, será realizada uma palestra gratuita voltada a todos os artesãos do município. A explanação acontece a partir das 14h, no Centro Cultural (Praça Martinho Guedes, 12), e será coordenada por Isabela Moraes, representante da Superintendência do Trabalho Artesanal – Sutaco, autarquia vinculada à Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho que tem por objetivo a promoção, o desenvolvimento, a divulgação e a comercialização de produtos artesanais.

Tatuí tem atualmente um núcleo de artesanato, vinculado ao Departamento Municipal de Cultura e Desenvolvimento Turístico, que tem como meta dar suporte aos profissionais do setor a partir de articulações locais e regionais. Para o presidente da Associação Tatuiana de Artesanato, José Teófilo Ávila, a palestra será de extrema importância. “Certamente irá nos acrescentar muito em conhecimento. Ainda mais agora que temos o apoio da Prefeitura para divulgar nosso trabalho. Quero aproveitar para mostrar minha gratidão, e de todos os artesãos da cidade, pela oportunidade que o prefeito Manu nos deu, deixando a feirinha de artesanato acontecer na Praça da Matriz. As vendas aumentaram em 90%. Estamos muito animados com essa mudança, afinal essa feira é o nosso ganha pão”, finaliza.
A Superintendência é a coordenadora no estado de São Paulo do programa do Artesanato Brasileiro - PAB, criado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior, cujas diretrizes estão voltadas para o fortalecimento e apoio aos núcleos de produção e de comercialização artesanal. Conforme Isabela, que é formada em relações públicas com pós-graduação em administração e organização de eventos e trabalha no setor desde 2000, o trabalho realizado pela Sutaco permite que o artesanato seja utilizado para criar oportunidade de geração de renda e emprego, ao mesmo tempo em que resgata formas tradicionais de expressão cultural do povo brasileiro. “Um dos objetivos da palestra é mostrar aos artesãos da cidade os benefícios oferecidos pela Superintendência na formalização, gestão e divulgação do trabalho realizado no município”, explica.


Nenhum comentário:

Postar um comentário