Boletim de informações COVID-19 n° 265 Tatuí, 19 de outubro de 2020, segunda-feira - 14h30h

3062 CASOS CONFIRMADOS
2952 PACIENTES RECUPERADOS
75 ÓBITOS CONFIRMADOS
35 INFECTADOS EM TRATAMENTO
15,42 INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Curso de braile Tatuí promove maior inclusão social

Aprendizado é destinado às áreas de saúde e segurança.
Curso tem 180h.

Do G1 Itapetininga e Região

A Associação de surdos de Tatuí oferece um curso de 180h para profissionais da segurança, saúde e educação. A intenção é oferecer o servço para que todos aprendam a se comunicar por meio da linguagem dos deficientes auditivos. Com isso, os profissionais acreditam que haja maior inclusão social.

O policial militar, Valdemir Bomfim, é um dos alunos. Para ele, estudar a língua brasileira dos sinais vai ajudar no trabalho da rua quando precisar abordar uma pessoa com problemas auditivos. Assim também pensa a atendente de uma unidade básica de saúde, Elisabete Sant'ana Rocha. Ela conta que depois que começou a estudar libras, já colocou em prática o aprendizado.

A professora de artes visuais, Inêz Cetraro, ainda não precisou usar os sinais para se comunicar , mas garante que está pronta. Em meio aos alunos da comunidade, também estudam algumas pessoas que são surdas. Fabiano Gregório é surdo desde que nasceu e formado em libras.

Adriana Andrade perdeu a audição aos seis anos, depois de pegar meningite. Reclama que dependendo do lugar que entra, não conseguem ser atendida. Com o curso, ela espera que essa realidade mude em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE