Boletim de informações COVID-19 n° 275 Tatuí, 28 de outubro de 2020, quarta-feira - 11h00h

3151 CASOS CONFIRMADOS
3035 PACIENTES RECUPERADOS
77 ÓBITOS CONFIRMADOS
39 INFECTADOS EM TRATAMENTO
9,71 INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Dupla tetracampeã da equipe de rali de Tatuí faz balanço positivo após o Rally dos Sertões

Piloto Edu Piano e navegador Solon Mendes comemorarm quinto ano de parceria com quatro vitórias pela equipe oficial da Ford Caminhões

Passados cerca de 10 dias da euforia do pentacampeonato conquistado pela Ford Racing Trucks/Território Motorsport no Rally dos Sertões, a equipe de rali de Tatuí volta ao ritmo normal de trabalho na sede no interior paulista. Com dever cumprido e mais um troféu na prateleira o piloto Edu Piano, o navegador Solon Mendes e co-piloto Davi Fonseca fazem um balanço do quarto título do trio na categoria Caminhões e o quinto da equipe oficial da Ford Caminhões, a bordo do F4000 Território 4x4.

O segundo maior rali do mundo foi disputado entre os dias 9 e 19 deste mês, cruzou cinco Estados (Goiás,Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará) e percorreu mais de 4 mil quilômetros. Desafio, superação e aventura encarados por centenas de competidores que largaram em Goiânia e cruzaram a linha de chegada na praia do Cumbuco, em Fortaleza, mas somente os Campeões das categorias (Caminhões, Carros, Quadriciclos e Motos) podem relatar o sabor especial que é terminar o percurso, em menor tempo e, subir no lugar mais alto do pódio.

"O caminhão 4x4 foi guerreiro mostrou toda a sua robustez, potência e rapidez aliado ao Sistema de Tração 4x4, desenvolvido pela equipe, foi perfeito para desafiar as 10 etapas na edição, considerada a mais difícil da história do rali", elogia o piloto de Tatuí Edu Piano.

Apesar de nesta 19ª edição, não haver mais a premiação na Geral dos Caminhões (foi dividida entre Caminhões Leves/T4.1 e Caminhões Pesados/T4.2) vale ressaltar que pelo quinto ano consecutivo, a Ford Racing Trucks/Território Motorsports continuou cravando o melhor tempo entre todos os Caminhões. Piano/ Mendes/ Fonseca finalizaram com 28h19m13s, no acumulado dos 10 dias, enquanto o segundo colocado o trio Rafael Conde/José Papacena/Leandro Mota veio 2h44m depois com 31h04m02s e a terceira equipe Guido Salvini/Flavio Bisi/Fernando Chwai teve uma diferença de 3h26m em relação aos campeões (31h44m43s).

"Tivemos muita cabeça e uma sintonia perfeita para administrar a grande vantagem que tínhamos. Mais difícil que a própria prova em si, foi tentar andar devagar, mas isto foi uma estratégia que adotamos na fase final do rali e nos levou ao título de tetracampeões", conta Mendes, que é o cearense com mais títulos no Rally dos Sertões.

O navegador que tem uma trajetória de 25 anos no off-road a metade dela disputando o Rally dos Sertões diz estar feliz e satisfeito com esta marca conquistada. "Tenho muito orgulho de ser cearense e posso dizer que enquanto acreditarem no meu potencial e eu tiver com saúde estarei correndo atrás de outros títulos. Mas tudo isto se deve também ao profissionalismo da equipe Território Motorsport, da qual faço parte desde 2006", afirma Mendes.

Determinação para o penta - Maior vencedor da história do Rally dos Sertões na categoria Caminhões, com quatro títulos, Edu Piano guarda com orgulho ainda o troféu de Campeão na Geral dos Carros em 2005, quando foi o primeiro piloto com origem nos jipes a conquistar um título na prova. Determinado, o piloto e preparador de veículos de competição criou há 11 anos sua própria equipe, a Território Motorport, que é uma das mais respeitadas do meio e entra ano e sai ano o off-road se torna cada vez mais intenso na sua rotina.

"Não me vejo fora do Sertões, trabalhamos metade do ano praticamente em função desta prova. Isto já faz parte da minha vida, são 16 anos de e chegar ao meu quinto título é muito gratificante porque é o resultado do trabalho e dedicação de todo um time campeão. Foi muito importante conquistar mais este título e já estamos pensando na próxima edição", destaca Piano, que trocou a capital paulista por Tatuí e trouxe também sua empresa para à cidade.

O piloto faz questão de ressaltar que sem a parceria das empresas que apostaram mais uma vez no potencial da equipe, esta vitória não seria possível. "Fizemos várias melhorais no caminhão em relação ao ano passado, como no motor e na suspensão, que foram essenciais para nossa vitória", diz.

Piano explica como os equipamentos foram exigidos ao extremo: "O turbo (Garrett) foi exigido ao máximo, trabalhou com temperatura de escape superior a 850graus. Em situações de areia e nas retas andamos mais de 170 Km/h. O motor (Cummins Recon) foi fantástico quanto a performance e confiabilidade, na areia pesada trabalhou a 100graus sem nenhum problema; os terminais e rótulas (Termicom) foram muito exigidos também e não houve incidente algum e pela primeira vez, usamos os pneus grandes 900x20 durante quatro etapas mais difíceis, sem contar que o câmbio (ZF) aguentou firme essa melhoria de potência que fizemos no motor."

"Foi o rali mais duro de todos que participei, agora quero ver a edição dos 20 anos de Sertões como será e estaremos lá para comprovar", finaliza Piano.

Informações completas da equipe no site www.territoriomotorsport.com.br/rally e no blog www.webventure.com.br/sertoes2011/blog/home/id/42, assim como nas redes sociais no Facebook Ford Racing Trucks e no Twitter @fordracingtruck. Para acessar as imagens do trio na prova, canal do youtube www.youtube.com/fordcaminhoes.

A equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport conta com patrocínio da Ford Caminhões, Cummins, Garrett, Termicom, Truckvan e Revescap e apoio Cummins Onan, ZF, Cobreq e Rassini-NHK.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE