Boletim de informações COVID-19 n° 45 Tatuí, 06 de abril de 2020 - 16h

84
NOTIFICAÇÕES
52
SUSPEITOS
25
DESCARTADOS
7
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Prédio da EMEF João Florêncio já está sendo restaurado

O centenário prédio da Escola João Florêncio, grupo escolar mais antigo de Tatuí e municipalizado no ano de 2005, já está em reformas. O valor do convênio assinado com o Governo do Estado é de R$ 1.890.862,48. O projeto de restauro foi aprovado pelo Condephaat estadual (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) e pelo Conselho Estadual de Educação. O prédio que abriga a EMEF João Florêncio, construído em 1909, é um dos quatro imóveis educacionais tombados pelo Condephaat estadual, dada sua importância histórica. Os outros três estão em Sorocaba, Peruíbe e Mococa. O projeto original do prédio é do arquiteto Manoel Sabater.“O restauro da Escola João Florêncio vai garantir a preservação de sua arquitetura e traços originais”, disse o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo. A secretária da Educação, professora Marisa Mendes Fiusa Kodaira, informa que os alunos da EMEF“João Florêncio estão estudando, parte em salas alugadas na Asseta (Faculdades de Tatuí) e parte em salas cedidas pela Faculdade Paulo Setúbal. A previsão de término das obras é em março de 2012. Segundo o historiador Renato Ferreira de Camargo, o porão da Escola funcionou, em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, como abrigo de tropas paulistas. No prédio, também funcionou uma enfermaria, que atendeu aos combatentes paulistas na revolução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário